Linha de Crédito Capitalizar Mais

A Linha de Crédito Capitalizar Mais financia PME com projetos associados ao Sistema de Inovação.

Financiamento a projetos de desenvolvimento de novos produtos e serviços.

    Quais as principais vantagens?

     

    Linha de Crédito Capitalizar Mais
    Linha de crédito com garantia mútua
    Linha de Crédito Capitalizar Mais
    Bonificação integral dos juros nos Projetos SI Inovação
    Linha de Crédito Capitalizar Mais
    Prazos alargados

     

    Quais são as tipologias de projetos aceites?

    • Projetos Sistema de Incentivos a Inovação Geral

    • Projetos Sistema de Incentivos a Inovação – Estabelecimentos Hoteleiros

    A que empresas se destina e quais são os projetos elegíveis?

    Destina-se a empresas certificadas por declaração eletrónica do IAPMEI como PME.

    Os projetos elegíveis têm de:

    • Estar localizados numa das regiões NUT II do Norte, Centro, Lisboa, Alentejo, Algarve;
    • Estar inseridos em atividades económicas, com especial incidência para aquelas que visam a produção de bens e serviços transacionáveis e internacionalizáveis ou contribuam para a cadeia de valor dos mesmos e não digam respeito a serviços de interesse económico geral;
    • Estar legalmente constituídos;
    • Ter a situação tributária (Administração Fiscal) e contributiva (Segurança Social) regularizadas na data de assinatura do contrato de financiamento;
    • Não ter incidentes não regularizados, justificados ou não, junto da Banca e das SGM à data de emissão de contratação;
    • Poder, legalmente, desenvolver atividade no território abrangido pelo Programa Operacional (PO) e pela tipologia das operações e investimentos a que se candidatam;
    • Possuír ou poder assegurar até à aprovação da candidatura, os meios técnicos, físicos e financeiros e os recursos humanos necessários ao desenvolvimento da operação;
    • Ter a situação regularizada em matéria de reposições no âmbito dos financiamentos dos FEEI;
    • Apresentar uma situação económico–financeira equilibrada ou demonstrar ter capacidade de financiamento da operação, devendo ainda não ser considerado como empresa em dificuldade na aceção comunitária aplicável;
    • Não deter nem ter detido capital numa percentagem superior a 50%, por si ou pelo seu cônjuge, não separado de pessoas e bens, ou pelos seus ascendentes e descendentes até ao 1.º grau, bem como por aquele que consigo viva em condições análogas às dos cônjuges, em empresa que não tenha cumprido notificação para devolução de apoios no âmbito de uma operação apoiada por fundos europeus;
    • Não estar incluídos na cotação oficial de uma bolsa de valores, com exceção das plataformas de negociação alternativas.

    No caso das empresas com apoios atribuídos ao abrigo do RGIC – Regime Geral de Isenção por Categorias, devem ainda inserir-se numa das seguintes situações:

    • Não operou em nenhum mercado;
    • Operou em qualquer mercado durante menos de sete anos desde a sua primeira venda comercial;
    • Requer um investimento inicial de financiamento de risco que, baseado num plano de atividades elaborado com vista a entrar num novo mercado do produto ou num novo mercado geográfico, seja superior a 50% do seu volume de negócios médio anual nos cinco anos anteriores.

    Quais são as condições de acordo com as tipologias de projetos?

    A Linha de Crédito Capitalizar Mais disponibiliza crédito adaptado para cada tipo de projeto. Consulte o documento abaixo e conheça as condições de cada um:

     

    Como fazer a candidatura ao financiamento da Linha de Crédito Capitalizar Mais?

    Projetos Sistema de Incentivos a Inovação Geral e Estabelecimentos Hoteleiros:

    As candidaturas deverão ser apresentadas, inicialmente, pela empresa através da Plataforma do Sistema de Incentivos às empresas do Portugal 2020, indicando o Banco Montepio como banco de apoio.

    A presente informação não dispensa a consulta da informação pré-contratual e contratual legalmente exigida.

    Informação Útil

    Linha de Crédito Protocoladas Montepio Empresas | IFD - Instituição Financeira de Desenvolvimento | Aviso Nº 31/SI/2018 | Aviso Nº 05/SI/2020 | Aviso Nº 07/SI/2020 | Aviso Nº 08/SI/2020

    ImprimirTamanho da letraA-A+